EXPERIÊNCIA EM QUE VOCÊ PODE CONFIAR

ANOS DE ATUAÇÃO EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL


Acionista processa Zynga por ocultar quedas em resultado fiscal.



Empresa ocultou queda nas vendas de bens virtuais, alegam advogados. Ações da criadora de games em redes sociais recuaram 75% desde o IPO.

Um acionista da empresa de jogos sociais Zynga entrou com um processo contra a companhia, na Califórnia (EUA), acusando a desenvolvedora de games de falhar na divulgação do rápido declínio do número de usuários e de sua receita, segundo informações da agência Reuters.

Nesta terça-feira (31), as ações da Zynga fecharam em queda de 2% cotadas a US$ 2,85. Segundo o site Market Watch, este é o menor valor por ação da companhia desde dezembro de 2011 quando seus papéis começaram a ser negociados a US$ 11, o que representa um declínio de 75% nos últimos sete meses.

Na ação judicial apresentada na tarde de segunda-feira (30), o escritório de advocacia Kessler Topaz Meltzer & Check LLP, que representa o acionista, acusa a empresa de ocultar o declínio de usuários e queda das vendas de bens virtuais, sua principal fonte de receita.

A criadora de jogos como “Farmville” surpreendeu os analistas financeiros americanos ao anunciar um resultado financeiro trimestral bem abaixo das expectativas de Wall Street, além de cortar sua previsão de receita para o ano fiscal de 2012. Após a divulgação, as ações da Zynga recuaram 42% e os analistas excluíram os papéis de suas recomendações.







Artigos recentes

Contato direto com nossos advogados








  


Saiba como