EXPERIÊNCIA EM QUE VOCÊ PODE CONFIAR

ANOS DE ATUAÇÃO EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL


Minoritários da Via Varejo criam reorganização societária em Assembléia Geral.



A Via Varejo informou nesta segunda-feira (12) que seus acionistas minoritários, donos de ações ordinárias e preferenciais da companhia, aprovaram a reorganização societária da empresa em assembleia geral extraordinária ("AGE").

O objetivo da reorganização é integrar os negócios de comércio eletrônico operados pela Cnova Comércio Eletrônico S.A., subsidiária brasileira da Cnova N.V., aos da Via Varejo. A reorganização está precisa ser aprovada pela assembleia geral da Cnova, prevista para o quarto trimestre deste ano.

Via Varejo e Cnova anunciaram em agosto um acordo para combinar seus negócios no Brasil, em uma operação que deve gerar milhões de reais em economias de custos logísticos e que acontece meses após a descoberta de fraudes na operação brasileira da Cnova.

As empresas já tinham anunciado em maio intenção de combinarem suas operações no Brasil para simplificar a estrutura de governança e relações comerciais entre ambas, além da geração de sinergias.

Segundo a Via Varejo, que é controlada pelo Grupo Pão de Açúcar e opera lojas de móveis e eletrodomésticos pelo país, a combinação com as Cnova no Brasil, focada em comércio eletrônico, vai gerar sinergias recorrentes de R$ 245 milhões por ano a partir de 2017. Além disso, há expectativa de geração de economias de R$ 325 milhões até o final deste ano.

Tanto o Pão de Açúcar quanto a Cnova são controlados pelo grupo francês Casino.







Artigos recentes

Contato direto com nossos advogados








  


Saiba como